Sondotécnica Engenharia

Reurbanização do Vale do Anhangabaú

Cliente: EMURB


Gerenciamento para implantação da obra de Reurbanização do Vale do Anhangabaú. A obra representou a concretização de três objetivos básicos:
• Criação de uma grande área de lazer para utilização pela população sem o conflito com veículos;
• Melhoria do tráfego na ligação entre as regiões norte e sul da cidade;
• Melhoria das condições de drenagem e saneamento do vale.

Para atender aos objetivos básicos e ainda permitir a execução da obra com a minimização do transtorno à vida da cidade, adotou-se a solução da construção em dois túneis, um para cada via, separados por uma galeria com 480 metros de extensão, constituída de 230 metros em duas células de 2,80 x 2,80 m2 e de 250 metros em três células de 2,50 x 2,50 m2, partindo da junção das galerias que provém das avenidas 23 de Maio e 9 de julho e continuando em linha reta ao longo dos túneis.

Os túneis têm gabarito de 5,5 m e largura de 14,0 m, com 480 m de extensão, estrutura formada por paredes diafragma nas laterais, teto com laje e vigas de concreto protendido e laje de fundo maciça em concreto armado, com espessura dependente da subpressão existente.

Foram construídas, ainda, duas passarelas em concreto armado: uma sobre a Av. 9 de Julho e outra sobre a Av. 23 de Maio, interligadas por uma plataforma, facilitando o acesso às estações do metrô e ao terminal da ônibus da Praça da Bandeira.

Foram realizados os seguintes serviços:

1.Gerenciamento e fiscalização das obras de Reurbanização do Vale do Anhangabaú
• Construção do Túnel Norte-Sul;
• Contenção para execução do Túnel Sul-Norte;
• Urbanização e paisagismo;
• Drenagem, terraplenagem e pavimentação dos sistemas viários;
• Estruturas, terraplenagem e pavimentação dos sistemas viários;
• Estruturas de concreto armado;
• Remanejamento de redes novas, tais como: drenagem, água, esgoto, energia elétrica em alta e baixa tensão, gás, telefone, telecomunicações, iluminação pública, incêndio e sinalização.

2.Atividades Técnicas
• Planejamento, Programação e Controle da Obra
• Implantação e operação de sistema informatizado de gerenciamento para planejamento, programação e controle da obra;
• Elaboração de cronogramas físicos e de desembolso, de acordo com aporte de recursos financeiros;
• Análise de cronogramas de projeto e construção;
• Acompanhamento físico-financeiro da implantação da obra;
• Acompanhamento da execução do projeto da construção, com objetivo de proceder eventuais ajustes no planejamento;
• Elaboração de relatórios mensais, com posição físico-financeira da obra, sugerindo as providências necessárias para correção de desvios detectados.
• Coordenação da Execução dos Projetos
• Orientação à projetista quanto às normas e padrões definidos pela EMURB para elaboração de projetos;
• Diligenciamento da elaboração dos projetos;
• Acompanhamento e aprovação de projetos básicos e executivos de transportes, incluindo sistema viário, desvios de tráfego, sinalização;
• Manutenção de arquivo e encaminhamento de projetos liberados para a obra;
• Acompanhamento junto às Concessionárias Públicas e à Projetista da elaboração dos projetos de remanejamento de redes e equipamentos;
• Apoio às ações das Contratadas junto às Concessionárias Públicas e entidades envolvidas com o sistema viário e tráfego, visando a elaboração de projetos de remanejamento de redes e equipamentos e agilização na aprovação desses projetos;
• Apoio para solução de problemas durante a execução das obras;
• Coordenação dos registros de dados e informações técnicas necessárias à elaboração dos desenhos “como construído”;
• Acompanhamento da evolução dos contratos de projeto e verificação de medições e relatórios mensais;
• Emissões de Ordens de Serviço, em consonância com o planejamento geral.
• Supervisão da Construção e Instalações
• Análise e aprovação do Plano de Execução de Obra;
• Avaliação de recursos humanos, equipamentos e materiais, objetivando a qualidade e ritmo adequados da obra;
• Supervisão e fiscalização das obras;
• Locações parciais da obra nas frentes de trabalho;
• Acompanhamento da implantação do canteiro de obras;
• Fiscalização dos serviços executados pela Empreiteira, em conformidade com o projeto, as normas e os padrões exigidos;
• Execução do controle tecnológico da obra;
• Execução do controle de instrumentação nas edificações vizinhas à obra e sobre os aspectos construtivos;
• Liberação das fases intermediárias da obra, para execução das etapas subsequentes;
• Acompanhamento e agilização da execução dos remanejamentos de interferências junto às Concessionárias Públicas;
• Fiscalização da obra sob os aspectos de Segurança e Higiene do Trabalho;
• Fiscalização da obra quanto ao atendimento às exigências dos órgãos ambientais;
• Supervisão da fabricação, inspeção e recebimento de máquinas e equipamentos eletromecânicos, rodoviários e outros fixos e móveis, necessários às obras;
• Avaliação da conformidade das condições físicas, operacionais e de manutenção em relação aos projetos e especificações;
• Controle de ações preventivas para redução do impacto negativo ao meio ambiente em razão da execução das obras;
• Execução de medição dos serviços realizados;
• Análise das reivindicações da Empreiteira quanto à alterações de valor, escopo ou prazo;
• Apoio técnico e administrativo à Unidade Executiva (EMURB) e demais órgãos envolvidos, inclusive quanto a Contratação de outras empresas;
• Emissão de Ordens de Serviço, em consonância com o planejamento geral;
• Gerenciamento e fiscalização de obras de rebaixamento do lenço por poços individuais de
ø = 40 cm providos de bombas submersas, com espaçamento de 12 metros, profundidade de 22 metros e instalados externamente ao túnel a escavar.

Data: 1987-1989